Campus da Universidade Aalto

Year
2012
Country
Finlândia

Campus da Universidade Aalto

O projecto urbano proposto baseou-se nos seguinte princípios: a geometria do local como fonte de inspiração, enfatizando os eixos do território natural e dos edifícios e das praças como pontos de encontro para os estudantes. Para um desenvolvimento harmonioso desta área, foi essencial existir uma relação da sua própria entidade com as novas intervenções.

A proposta considerou este espaço como uma oportunidade para articular as áreas urbanas que o rodeiam, sem comprometer as características naturais do local. O projecto foi visto como um meio de reforçar as qualidades do lugar e assentou em intervenções discretas, orientando para o desenvolvimento de estruturas e ruas que permitiam a luz.

Foram propostos, um conjunto de planos horizontais com vegetação que criaram uma comunicação com o ambiente. As sequências espaciais foram organizadas de tal forma que o campus não era apenas um local para estudar, mas um local também de contemplação, movimento e residência da população em geral.
A proposta previa a concepção de vários centros de interesse, com a criação de múltiplos espaços articulados, onde existiam diferentes usos em simultâneo, com o fim de criar mais dinâmica ao sitio.